Revitalização da orla em pauta

Revitalização da orla em pauta

Publicado em

Intervenções na Zona Sul de Niterói irão do Forte do Gragoatá até o início da Estrada Leopoldo Fróes


O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, lembrou que esse projeto recupera e qualifica o espaço público da cidade | Foto: Bruno Eduardo Alves / Prefeitura de Niterói

A orla da Zona Sul de Niterói, que já possui uma paisagem deslumbrante da Baía de Guanabara, vai ficar ainda mais bonita. A Prefeitura de Niterói apresentou ontem, no Museu de Arte Contemporânea (MAC), os detalhes do projeto de revitalização da orla, do Forte Gragoatá até o início da Estrada Fróes, passando pela Boa Viagem, Ingá e Praia de Icaraí. O trajeto vai ganhar ciclovia, decks, mirantes, intervenções viárias, quiosques e novo paisagismo, entre outras melhorias. O edital para a escolha da empresa que fará a obra será publicado no Diário Oficial e a previsão é de que os trabalhos comecem já nos próximos meses.

“Esse projeto recupera e qualifica o espaço público para o niteroiense e para os visitantes e tem um impacto positivo para a projeção da cidade. Estamos emoldurando essa paisagem natural lindíssima, que é motivo de orgulho para todo niteroiense”, disse o prefeito Rodrigo Neves.

 
O projeto foi elaborado pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Mobilidade e integra um conjunto de intervenções que também serão feitas na orla do Centro e de São Francisco e Charitas. Foi o secretário de Urbanismo, Renato Barandier, que apresentou as novidades do projeto.

“O objetivo é trabalhar nos detalhes, a Praia de Icaraí continuará com o padrão visual atual, a paginação do piso será mantida no calçadão, com acréscimo de uma ciclovia, de pontos de ônibus seguros, com acessibilidade, novos quiosques e paisagismo ao longo de toda a orla”, destacou Renato Barandier.

A ciclovia seguirá por todo o trecho da orla, entre o Forte Gragoatá e o início da Estrada Fróes e se conectará com a ciclovia que partirá do Mercado de Peixe São Pedro, cruzando todo o Centro e o bairro de São Domingos. Para a construção da ciclovia, as vagas de estacionamento ao longo do calçadão da Avenida Litorânea serão transferidas para o outro lado da via, junto ao muro da UFF.

Ao lado do Forte, a Prefeitura construirá uma praça, com mirante junto ao mar e uma sequência de decks ao longo da Avenida Litorânea. Em frente à Ilha da Boa Viagem será construída uma praça e um centro de atendimento ao turista.

Junto ao MAC, serão construídos decks com vista para o mar e para o museu. Na Praia das Flechas, o prédio na esquina da praia João Caetano com Rua Dr. Pereira Nunes será desapropriado e demolido para melhorar a mobilidade viária no local.

Em toda a orla, o guarda corpo atual será substituído por um novo, de inox, seguindo o novo padrão de orla. No início da Praia de Icaraí, haverá uma nova travessia de pedestre sinalizada em frente à Pedra do Índio.

De acordo com o projeto, a ciclovia terá uma segregação maior ao longo da Praia de Icaraí. Os pontos de parada de ônibus serão ampliados e ganharão uma baia separada da ciclovia. A praia ganhará também novos quiosques. O padrão será o modelo aprovado pelos moradores do bairro através de votação, via Colab. O calçadão junto aos prédios terá um novo paisagismo padronizado.

No início da Estrada Froes será construído um parque de sustentabilidade e sensorial, com decks e um grande mirante, que se chamará Mirante Grael, em homenagem à família Grael. 

Sossego - O caminho para a praia do Sossego, em Camboinhas, começa a ganhar novo contorno. As obras de infraestrutura do local seguem a todo vapor e as escadas que dão acesso a uma das áreas mais bonitas do litoral niteroiense já estão quase prontas e obedecendo o paisagismo rústico do local, que faz parte do Parque Municipal de Niterói (Parnit). Além das melhorias, a área de vegetação já está passando por reflorestamento e recebeu cerca de 400 mudas de espécies nativas para recomposição florística da paisagem.

A previsão é de que a obra seja concluída em cerca de dois meses, antes do início da temporada de verão, quando o movimento aumenta. O local permanece interditado para garantir a segurança dos visitantes durante a intervenção.

Fonte: O Fluminense

Niterói Online 19/08/2019 às 14h22 Cidades

Veja Também

Comentários

Adicionar Comentário
sentiment_dissatisfied

Opsss... Ainda Não Temos Comentários Para Exibir!

Deixe Seu Comentário

Faça Sua Avaliação!