Polícia indicia filhos de Flordelis

Polícia indicia filhos de Flordelis

Publicado em

Eles vão responder por homicídio qualificado do marido da deputada


Pastor Anderson do Carmo e sua esposa, a deputada federal Flordelis | Foto: Divulgação

Por Anderson Justino

A Polícia Civil indiciou por homicídio qualificado os irmãos Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos de Souza, filhos biológico e adotivo da deputada federal Flordelis (PSD-RJ), como responsáveis pelo assassinato do pastor Anderson do Carmo, marido da parlamentar. A delegada Bárbara Lomba, titular Delegacia de Homicídios (DH) de Niterói, pediu nesta quarta-feira (14) ao Ministério Público a prisão preventiva dos dois. Na próxima sexta-feira (16) o assassinato do líder religioso irá completar dois meses.  

Também nesta quarta-feira, a delegada entregou ao MP o inquérito com a conclusão da primeira fase da investigação da morte do pastor. Segundo ela, o inquérito foi desmembrado e agora será dado início à segunda fase da investigação para identificar a participação de possíveis coautores no crime. 

De acordo com a polícia, todos que estavam na residência do casal no dia do crime, incluindo Flordelis, são investigados pela morte de Anderson do Carmo. As investigações seguem sob sigilo.  

A assessoria da Polícia Civil reiterou que Lucas e Flávio assumiram a autoria do assassinato do pai no início das investigações. Flavio disse ter atirado seis vezes contra o padrasto. Já o irmão adotivo Lucas, segundo a delegada Bárbara Lomba, foi quem comprou a pistola que matou o pastor. Os dois já estavam presos em caráter temporário na sede da especializada, no Centro de Niterói.  

Na última segunda-feira (12), agentes da DH encontraram três telefones celulares nas celas ocupadas por Lucas e Flávio. A informação foi confirmada pelo advogado Flávio Crelier, um dos representantes da defesa de Flávio. De acordo com o defensor, o aparelho em questão estava danificado e inoperante, dentro do vaso sanitário que fica na cela do seu cliente.  “O próprio Flavio já havia relatado sobre problemas de entupimento no vaso sanitário”, alegou.    

Outros dois aparelhos, em funcionamento segundo o advogado, foram encontrados na cela ocupada por Lucas. Crelier ainda ressaltou que Lucas e Flavio estão acompanhados de outros dois presos. Procurada, a defesa de Lucas não se pronunciou até o fechamento desta edição. 

A Polícia Civil ainda tenta localizar os três telefones celulares que eram usados pelo casal e pelo filho Flavio, antes do crime. O advogado Ângelo Máximo, que representa a família do pastor, disse que a Corregedoria da Polícia Civil terá que responder pelo aparecimento dos celulares nas celas usadas pelos filhos de Flordelis.   

O pastor Anderson do Carmo foi morto a tiros na madrugada do dia 16 de junho na garagem de casa, em Pendotiba, Niterói. 

Fonte: O Fluminense

Niterói Online 15/10/2019 às 05h37 Polícia

Veja Também

Comentários

Adicionar Comentário
sentiment_dissatisfied

Opsss... Ainda Não Temos Comentários Para Exibir!

Deixe Seu Comentário

Faça Sua Avaliação!