Operação contra quadrilha que vendia anabolizantes em Niterói e São Gonçalo

Operação contra quadrilha que vendia anabolizantes em Niterói e São Gonçalo

Publicado em

Fornecedor dos produtos e homem apontado como chefe do esquema foram presos na ação da Polícia Civil


Dos treze mandados de prisão, dez foram cumpridos | Foto: Marcelo Feitosa

Por Vítor d'Avila

A Secretaria de Estado de Polícia Civil, por meio da 94ª DP (Piraí), realizou, nesta quinta-feira (15), em conjunto com outras 11 delegacias de Niterói e São Gonçalo, Operação Trinus, para cumprir 13 mandados de prisão e 16 de busca e apreensão contra uma organização criminosa acusada de armazenar e revender anabolizantes e substâncias proibidas em academias. A ação desta quinta-feira acontece nas cidades do Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo e São Paulo.  

Dos 13 mandados de prisão, dez foram cumpridos. Gustavo Favelo, fornecedor de produtos foi preso no Itaim Bibi, área nobre de São Paulo. Gustavo é apontado pela polícia como fornecedor de Erich Carvalho da Fonseca, liderança da organização criminosa que comercializava os anabolizantes nas academias de Niterói e São Gonçalo.  

A investigação, que durou cerca de um ano, teve início a partir de um inquérito instaurado pela 73ª DP (Neves), que apurou que as drogas vinham de fornecedores das cidades de Campos do Jordão, São José dos Campos e Ribeirão Preto, onde também eram produzidas em um laboratório de fachada. 

Um dos integrantes da quadrilha foi preso em flagrante no decorrer da investigação. A partir dessa prisão, os agentes localizaram um depósito em que os anabolizantes que vinham de São Paulo e do Paraguai eram guardados para serem vendidos. 

Ainda há três foragidos que continuarão investigados até que se chegue a seus paradeiros. Entre os demais presos estão laranjas, entregadores e donos de academias. São eles Gabriel de Jesus Carvalhaes, Lucas da Silva Pinheiro Motta, Everton Barros Ribeiro, Romulo Pereira de Senna Rocha, Fabrício de Oliveira Guerra, Thayanne Barroso Corrêa, Mike Guilherme Sardinha Porto, Rodrigo de Alvarenga Rodrigues e Sidnaldo Saraiva dos Santos. 

Fonte: O Fluminense

Niterói Online 15/10/2019 às 05h38 Polícia

Veja Também

Comentários

Adicionar Comentário
sentiment_dissatisfied

Opsss... Ainda Não Temos Comentários Para Exibir!

Deixe Seu Comentário

Faça Sua Avaliação!