Itacoatiara vai ter cobrança de estacionamento no verão

Itacoatiara vai ter cobrança de estacionamento no verão

Publicado em

No último feriado, carros pararam em filas duplas e nas portas de garagens


No último feriado, carros pararam em filas duplas e nas portas de garagens
Nas próximas semanas, Itacoatiara terá cobrança pelo estacionamento rotativo. O horário de funcionamento será das 8h às 18h e o valor será de R$ 5 a diária. Com o início da Operação Verão em 12 praias da cidade, na última quinta-feira (15), moradores do bairro, na Região Oceânica de Niterói, pediram o retorno da cobrança. Eles contam que o sol forte atraiu muitos banhistas ao bairro, servindo de amostra do que eles podem esperar para o verão: trânsito congestionado, estacionamento irregular e lixo pelas ruas. Apesar do plaqueamento informativo sobre a proibição de se estacionar do lado esquerdo das vias e a atuação de reboques, moradores contam que a sinalização não foi respeitada. Eles esperam que a ação dos guardadores legalizados iniba os motoristas abusados.

“O rotativo fez falta, pois ficamos de olho o dia inteiro para não deixar estacionarem em nossa garagem e esta prática melhora com o estacionamento pago. Na quinta estava bem desorganizado, faltou guarda de trânsito para a fiscalização e guarda municipal para demais locais. Muitos visitantes estavam jogando ‘altinha’ no meio dos banhistas”, contou a moradora do bairro e psicóloga Jaqueline Almeida, de 54 anos.

O grande número de visitantes desordenados também incomodou por conta do lixo gerado. Na manhã de ontem, funcionários da Clin atuaram na varrição do bairro e diversos sacos de lixo foram vistos pelas calçadas. Moradores contam que no dia anterior, os resíduos ficaram jogados pelas ruas e calçadas.

“É muito lixo. As pessoas vêm para a praia, mas não respeitam, não têm educação. Não têm controle no estacionamento, param em fila dupla pelas vias principais e o trânsito fica congestionado. Porém, o estacionamento rotativo serve como arrecadação, mas não vemos esse retorno para o bairro, poderia servir como benfeitoria para cá como no resto do mundo”, opinou o aposentado Luiz Carlos Freire Mendonça.

Na opinião de alguns moradores, no entanto, apenas uma maior fiscalização para evitar as bandalhas já seria suficiente para educar e conscientizar os frequentadores. Proprietária de uma pousada na região, Katia Schueler, 62, acredita que com medidas de penalidade como multas e reboques, a infração diminua, já que o rotativo ocasiona prejuízo para moradores e hóspedes. 

Presidente da Sociedade de Amigos e Moradores de Itacoatiara (Soami), Erico Lemos diz que a maioria dos moradores apoia a implantação do rotativo durante o verão, quando a praia de Itacoatiara recebe maior número de visitantes. 

“Não fomos informados se neste ano terá o rotativo, mas estamos aguardando o início imediato, pois auxilia no ordenamento e na segurança do bairro, já que criminosos se sentem coibidos com os guardadores. Com dois anos de cobrança, percebemos uma diminuição de ocorrências, mas é só encher a praia que acontece”, observou, completando que o bairro segue com plaqueamento e fiscalização por parte de agentes de trânsito. 

A Niterói Rotativo, empresa que gere o estacionamento rotativo de pontos da cidade, informou que não irá operar no verão e que o ordenamento será realizado pela Superintendência de Terminais e Estacionamentos de Niterói (Suten).

Fonte:  O Fluminense

Niterói Online 18/06/2019 às 18h24 Cidades

Veja Também

Comentários

Adicionar Comentário
sentiment_dissatisfied

Opsss... Ainda Não Temos Comentários Para Exibir!

Deixe Seu Comentário

Faça Sua Avaliação!